O Pinheiros, de São Paulo, e o SERC/Santa Maria, de São Caetano do Sul, dominaram os títulos da competição ganhando em cinco dos seis aparelhos em disputa na ginástica artística masculina, 83% das medalhas de ouro

São Paulo – Os ginastas e as equipes de São Paulo Pinheiros, da capital, e SERC/Santa Maria, de São Caetano do Sul, mostraram muita qualidade na ginástica artística masculina no Campeonato Brasileiro de Especialistas, realizado no período de 14 a 16 de junho, na Arena 3, no Rio de Janeiro. São Paulo ficou com cinco das seis medalhas de ouro em disputa nos aparelhos masculinos, 83% do total.

O campeão olímpico Arthur Zanetti venceu no solo (15.050), salto (14.200) e argolas (15.050). Trouxe três ouros para São Caetano. Os outros dois topos do pódio foram ocupados por Arhur Nory Mariano, na barra fixa (14.400), e Francisco Barreto Jr, no cavalo com alças (14.150), ambos ginastas do EC Pinheiros, que também ficou com o Troféu Eficiência. Vinícius Machado, da APAM Setor Leste (DF), venceu nas paralelas (13.400).

São Paulo dividiu a maioria dos pódios masculinos com Minas Gerais e Rio Grande do Sul. No feminino, o predomínio foi do CEGIN, do Paraná, e do Flamengo, do Rio. Luísa Maia, de São Bernardo do Campo, conquistou uma medalha de bronze na categoria de 13 a 15 anos.

“Os clubes de São Paulo, seus técnicos, ginastas e comissões multidisciplinares fazem um trabalho de excelência na ginástica e isso se refletiu nos bons resultados. Fiquei feliz por ver os meninos no pódio e com os novos talentos da ginástica feminina também”, afirmou Roseane Zanetti, presidente da Federação Paulista de Ginástica (FPG), que acompanhou a competição no Rio e participou da premiação dos ginastas.

A Federação Paulista de Ginástica foi fundada em 1956 e congrega 39 entidades, em sete modalidades, da mais competitiva ginástica do Brasil.

 

Pinheiros ganha Troféu Eficiência

Deixe o seu Comentário
X