Pinheiros, no masculino, e São Bernardo, no feminino, são os campeões estaduais de ginástica artística no adulto

Pinheiros, no masculino, e São Bernardo, no feminino, são os campeões estaduais de ginástica artística no adulto

Daniele Hypolito, no feminino, Arthur Zanetti, Caio Souza e Francisco Barretto, no masculino, foram os destaques da categoria adulta do Campeonato Estadual de Ginástica Artística, realizado no dia 12/5/2018, no Centro de Ginástica Marcel Francisco dos Santos, em São Bernardo. O Esporte Clube Pinheiros venceu por equipes na disputa masculina e a ADC São Bernardo foi campeã no feminino.

No Infantil feminino, o pódio teve Pinheiros, Clube Campineiro de Regatas e Natação, e Facex/APGAR/Guarulhos. No Infantil masculino, os vencedores foram Pinheiros, SERC/Santa Maria, de São Caetano, e Indaiatuba.

“O balanço foi positivo. Tivemos a participação de um campeão olímpico, de um finalista olímpico, de integrantes da seleção brasileira, de ginastas queridos do público e os clubes mostraram competitividade no adulto. No Infantil, tivemos uma queda, na barra, e lamentamos muito o acidente, mas a competição também foi muito boa. Os ginastas do Infantil ganharam rosas para dar as mães que foram recebidas com palmas. As mães também adoraram fazer a premiação dos filhos no Dia das Mães. Foi uma homenagem da federação às mães que acompanham os filhos e que são fundamentais para a evolução da ginástica”, afirmou Roseane Zanetti, presidente da FPG.

Na disputa do adulto feminino, Daniele Hypolito, de São Bernardo, ganhou quatro medalhas de ouro, no individual geral (53.350), na trave (13.550), no solo (13.850) e salto (13.350). Jackeline Soares da Silva, do Pinheiros,levou o ouro nas paralelas assimétricas (12.650). O ADC São Bernardo ficou com o título por equipes e o Pinheiros foi vice-campeão

O campeão olímpico Arthur Zanetti (Londres/2012) e medalha de prata nos Jogos do Rio/2016, levou três medalhas de ouro na disputa do Estadual, no salto (14.380), solo (14.600) e argolas (15.150) e sua equipe, a SERC/Santa Maria, de São Caetano do Sul, foi vice-campeã paulista. O finalista olímpico Francisco Barretto, do Pinheiros, ganhou dois ouros, no cavalo com alças (14.050) e nas barras paralelas (14.700). Caio Souza, da ADC São Bernardo, foi o mais efetivo nos aparelhos e ganhou o individual geral (85.100) e a barra fixa (14.450). Por equipes, o pódio teve Pinheiros, campeão, SERC/São Caetano, vice-campeão, e ADC São Bernardo, terceiro colocado.

Veja os resultados do Estadual Masculino Adulto

Veja os resultados do Estadual Masculino Infantil

A Federação Paulista de Ginástica existe desde 1956 e congrega 39 entidades em sete modalidades da mais competitiva ginástica do Brasil.

FPG endossa Código de Ética da CBG

A Federação Paulista de Ginástica (FPG) endossa as ações da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) para a proteção aos atletas e a ginástica. As medidas estão consolidadas na portaria N 04/2018, que trata da criação do Comitê de Ética e Integridade da CBG e Regulamenta o art. 5º, II do Código de Ética. Fixa Padrões de Conduta e de Combate ao Assédio Moral, Sexual e Abusos.

Veja a íntegra do documento publicado pela CBG:

Portaria N 04-2018 Regulamenta Assedio Código Ética

 

Estaduais de Ginástica Artística e de Trampolim abrem calendário paulista de competições

Estaduais de Ginástica Artística e de Trampolim abrem calendário paulista de competições

Duas disputas importantes – o Estadual de Ginástica Artística Masculino e Feminino, nas categorias Infantil e Adulto, e o Campeonato Estadual de Trampolim, modalidades olímpicas – dão início a uma sequência de bons eventos na ginástica de São Paulo. A Federação Paulista de Ginástica (FPG) organiza o Estadual de Trampolim, no Clube Athletico Paulistano, neste sábado (12/5/2018), a partir das 9 horas. O Estadual de Ginástica Artística será no Centro de Ginástica Marcel Francisco dos Santos, em São Bernardo do Campo.

Alguns dos principais ginastas do Brasil, de clubes de São Paulo, competem no Estadual de Ginástica Artística neste sábado (12/5/2018), a partir das 13h30, na categoria adulta. Na categoria infantil, o programa prevê disputas sábado e domingo (12 e 13/5/2018), a partir das 8h10.

Nas disputas masculinas da categoria adulto estão Associação Desportiva Centro Olímpico (ADECO), Sociedade Esportiva, Recreativa e Cultural – Serc/Santa Maria, Brasil Futebol Clube, Esporte Clube Pinheiros, Serviço Social da Indústria – Sesi, Prefeitura Municipal de Taubaté e Associação Desportiva e Cultural São Bernardo. Na categoria infantil os clubes inscritos são ADECO, AABB Banco do Brasil, SERC/Santa Maria, Pinheiros, ADC São Bernardo e Time Jundiaí/Fundação Casa da Cultura e Esportes.

Dentre os destaques masculinos estão o campeão olímpico nas argolas, Arthur Zanetti, que representará São Caetano ao lado de outros atletas de alto nível técnico como Hudson Miguel e o integrante da seleção juvenil Murilo Pontedura. O Pinheiros terá Francisco Barretto (foto), finalista olímpico, e Péricles da Silva. A ADC São Bernardo inscreveu o medalhista olímpico no solo Diego Hypólito e o integrante da seleção brasileira Caio Souza.

Disputa feminina tem Daniele Hypolito e Luisa Helena

Daniele Hypolito que compete pelo ADC São Bernardo – conhecida do público por suas participações olímpicas e passagens pela seleção brasileira, é um dos destaques na disputa feminina. A competição ainda terá  a presença das equipes do Centro Olímpico, da ginasta Christal Silva e Bezerra; da SERC/Santa Maria,  de São caetano, com Luisa Helena da Silva (na foto com o técnico Clayton Xavier); do EC Pinheiros, com um grupo completo e forte, dentre eles a jovem destaque da modalidade Isabel de Almeida Barbosa; e Facex/APGAR/Guarulhos,com Julia Lima e Julia Postigo.

Na categoria infantil, 10 a 12 anos, os clubes inscritos na ginástica feminina são: Centro Olímpico, SERC/Santa Maria, Pinheiros, Instituto Yashi, ADC São Bernardo, Clube Campineiro de Regatas e Natação, Time Jundiaí/Fundação Casa da Cultura e Esportes e Facex/APGAR/Guarulhos.

A Federação Paulista de Ginástica existe desde 1956 e congrega 39 entidades em sete modalidades da mais competitiva ginástica do Brasil.

 

 

Edital convoca eleição para diretoria da FPG

A FPG tem chapa única, presidida por Roseane Zanetti, atual gestora da entidade, para um mandato que se encerra em 2020. A Assembleia Geral Eletiva será no dia 14 de maio de 2018.

A Federação Paulista de Ginástica, por meio de um edital de convocação, chamou a Assembleia Geral Eletiva que vai definir o comando da entidade até 2020, fechando o ciclo olímpico que se encerra com os Jogos de Tóquio, no Japão. A assembleia está marcada para o dia 14 de maio de 2018, à Rua Diana, 89, Perdizes – SP, Sala de Reunião, às 18h30, em primeira convocação, com a presença de, no mínimo, a metade dos filiados com direito a voto mais um, ou às 19 horas, em segunda chamada, com qualquer número de filiados com direito a voto (§ 1º do Art. 15 do Estatuto Social; do Art. 17 do Estatuto Social). A Ordem do Dia é a seguinte: Eleição para a Federação Paulista de Ginástica de chapa única, composta de presidente e vice-presidente e conselho fiscal (três membros efetivos e dois suplentes).

A única chapa inscrita é a Gestão e União, comandada por Roseane Nabarrete Zanetti, que é administradora provisória da FPG. Roseane Zanetti é candidata a presidente e Sandra Soares a vice-presidente. O Conselho Fiscal tem como membros efetivos: Daniel de Oliveira Garcia, Ligia Taliberti de Andrade e Osmair Antonio Herrera Garcia; e como membros suplentes: Nelson Alexandre Araújo e Claudia Garcia.

O edital de convocação foi encaminhado para os filiados por carta, por e-mail e publicado em jornal de grande circulação (O Estado de S. Paulo). “A expectativa é que todos continuem confiando no nosso trabalho, pois estamos dispostos a fazer o máximo. Num pequeno período na administração provisória organizamos a casa e implantamos um processo gerencial transparente. O objetivo é dar prosseguimento a este trabalho”, afirma Roseane Zanetti.

Os filiados com direito a voto: Associação Desportiva Centro Olímpico, Associação de Ginástica di Thiene de Pais e Mestres, AMDAGG, Associação Atlética Banco do Brasil, Associação Brasileira A Hebraica de São Paulo, Brasil Futebol Clube, Clube Atlético Paulistano, Clube Alto de Pinheiros, Clube Campineiro de Regatas e Natação, Clube Espéria, Colégio Abaco, Colégio Arbos, Colégio Nahim Amadh, Esporte Clube Pinheiros, Instituto Yashi, SERC Santa Maria, Serviço Social da Indústria, Sociedade Esportiva Palmeiras e Prefeitura de São José dos Campos.

A Federação Paulista de Ginástica existe desde 1956 e congrega 39 entidades em sete modalidades da mais competitiva ginástica do Brasil.

Edital de convocação

Jovens Promessas – Diogo Brajão Soares e o sonho com a Olimpíada

Jovens Promessas – Diogo Brajão Soares e o sonho com a Olimpíada

Série: Personagens da Ginástica Paulista (1)

A Federação Paulista de Ginástica inicia a Série Personagens da Ginástica Paulista com o ginasta Diogo Brajão Soares e o trabalho que ele desenvolve, desde criança, com o técnico Daniel Biscalchin, na Academia Pira Olímpica, de Piracicaba. Nesta temporada, ambos trabalham para conseguir a classificação para os Jogos Olímpicos da Juventude de Buenos Aires, na Argentina, em outubro

Diogo Brajão Soares tem 16 anos e é apontado como uma jovem promessa da ginástica artística masculina. O ginasta está credenciado pelo desenvolvimento alcançado na ginástica apesar da juventude – tem tempo para evoluir ainda mais – mas, principalmente, por seus resultados expressivos em todas as categorias.

Desde 2011, Diogo ganha o Estadual e o Brasileiro no individual geral, uma hegemonia de sete anos nas categorias Pré-Infantil (9 a 11 anos), Infantil (11 a 13) e Juvenil (14 a 17). Nos Jogos Sul-Americanos da Juventude de Santiago (CHI), em 2017, levou seis medalhas de ouro, por equipe, no individual geral, no solo, cavalo, saltos e barra fixa.

Além dos títulos estaduais e nacionais foi bicampeão sul-americano, com 12 e 13 anos e, recentemente, o 7º colocado no geral e o 3º na barra fixa, na Competição Internacional de Ginástica Juvenil realizada no Japão, em que a maioria dos ginastas, feras do mundo todo, tinha 17 anos.

Para 2018, os objetivos são ir bem no Pan-Americano Juvenil de Rosário (ARG) e conquistar a única vaga disponível para o Brasil na ginástica artística masculina, na seleção que disputará os Jogos Olímpicos da Juventude, em Buenos Aires, na Argentina, de 6 a 18 de outubro.

https://www.buenosaires2018.com/es

Mas os sonhos vão mais longe – Diogo quer chegar à seleção principal e disputar uma Olimpíada, com chance de subir no pódio. “Estou no caminho, tentando dar o meu melhor. O meu sonho é estar em uma Olimpíada”, diz Diogo, que frequenta o ensino médio na EE João Guidotti de Piracicaba, está acostumado com a rotina escola-ginásio-casa e é fã “de todos os ginastas que um dia chegaram a uma final olímpica, especialmente o japonês campeão olímpico Kohei Uchimura”.

“O Diogo compete bem em todos os aparelhos e vai ser um atleta de seleção adulta, participar de uma Olimpíada, de um Mundial. O sonho é a medalha olímpica. Ainda sofremos por não ter aparelhos de melhor qualidade, mas trabalhamos muito”, afirma o técnico Daniel Biscalchin, de 39 anos, da Pira Olímpica, também árbitro internacional desde 2006.

Nascido em 2002, Diogo começou a praticar ginástica aos 4 anos já na Academia Pira Olímpica, de Piracicaba, com o técnico Daniel Biscalchin, onde está até hoje. Driele, irmã de Diogo, fazia ginástica na Pira Olímpica e sempre comentava com Daniel sobre as artes do irmão mais novo em casa. Os pais de Diogo, Dorival e Adriana, levaram o menino para um teste, ainda para a turminha de 4 e 5 anos. Foi aprovado e ganhou bolsa para frequentar a academia gratuitamente.

Enfrentou o desânimo aos 12 anos, algo comum aos jovens da idade, chegou a pensar em desistir da ginástica. Mas a ausência nos treinos não durou mais de uma semana. Voltou para ficar. Hoje acha que fez a escolha certa, pela ginástica. “Estou sempre tentando dar o meu melhor”, confirma Diogo.

A Federação Paulista de Ginástica existe desde 1956 e congrega 39 entidades em sete modalidades da mais competitiva ginástica do Brasil.

 

Está no gerenciador da FPG? Não perca o prazo de inscrições nos eventos importantes do calendário paulista!

O cadastramento das entidades, profissionais e atletas é fundamental para a participação em competições e a organização da ginástica de São Paulo; a cor verde tem de aparecer no GERENCIADOR quando a ficha estiver ok

As competições de 2018 prometem grandes disputas. E para fazer as inscrições dos profissionais e atletas nos eventos do calendário da Federação Paulista de Ginástica (FPG) as entidades precisam se cadastrar no Gerenciador.

Só quando a cor do cadastro estiver verde é que o atleta está liberado para fazer a inscrição em competições. É importante concluir o processo (anexar formulário assinado, entregar via física ou por e-mail atestado médico) porque o gerenciador bloqueia as inscrições fora de prazo.

A FPG está alertando as entidades que cuidam da ginástica: “Se você fez o cadastro da entidade, anexando os documentos necessários faça também o do profissional e atleta. Garanta a participação de seu atleta nas competições. Se não fez ainda o cadastro da entidade no Gerenciador apresse o processo para não correr o risco de ficar fora dos eventos.”

Todos que desejarem participar dos eventos da FPG precisam estar cadastrados no Gerenciador – os dados são privativos.

O processo é simples. Basta acessar o site da FPG, selecionar o gerenciador e nele entrar com o login de usuário e a senha que cada representante recebeu, fazer o cadastramento da entidade, profissional e do atleta. O sistema registra os documentos anexados e gera os boletos, após envio de e-mail pedindo liberação dos cadastros.

Mediante o preenchimento correto da ficha, a entrega dos documentos solicitados e dos boletos quitados o cadastro e ou recadastro serão liberados. Concluído o processo, a cor verde indicará que o atleta está liberado para competir todos os eventos do calendário.

O Gerenciador foi implantado para melhor organização e transparência na gestão da ginástica. A lista de participantes em competições, por idades, por exemplo, será uma das facilidades do sistema.

Como é uma ferramenta nova gera algumas dúvidas. A FPG tem plantão para tirar dúvidas, de terça a sexta-feira, no horário comercial, por telefone ou na nossa sede – basta agendar.

Também há um tutorial – o passo a passo – no próprio gerenciador que ajuda a preencher o cadastro com correção.

A Federação Paulista de Ginástica existe desde 1956 e congrega 39 entidades em sete modalidades da mais competitiva ginástica do Brasil.

X